Conheça as armadilhas mentais que acabam com o seu dinheiro!

Conheça as armadilhas mentais que acabam com o seu dinheiro!

dinheiro-armadilha-mental

As armadilhas mentais surgem em momentos que estamos estressados e ou com medo de fracassar com o dinheiro.

Continue reading “Conheça as armadilhas mentais que acabam com o seu dinheiro!”

Não fuja da declaração de imposto de renda: o leão não perdoa!

Não fuja da declaração de imposto de renda: o leão não perdoa!

imposto-renda-2017-dicas-fazer

A principal mudança do Imposto de Renda 2017 é a necessidade de informar o CPF de dependentes menores de 12 anos

Continue reading “Não fuja da declaração de imposto de renda: o leão não perdoa!”

Finanças pessoais em dia: poupe sem perder qualidade de vida

Finanças pessoais em dia: poupe sem perder qualidade de vida

Post 2-41


Coloque o orçamento pessoal em ordem e recupere a capacidade de realizar os seus sonhos

Continue reading “Finanças pessoais em dia: poupe sem perder qualidade de vida”

Férias escolares e agora? Confira 9 atividades para divertir seus filhos

Férias escolares e agora? Confira 9 atividades para divertir seus filhos

Férias escolares em familia

Férias não é sinônimo de gastança em família, com as nossas dicas a diversão é garantida dentro do seu orçamento

Continue reading “Férias escolares e agora? Confira 9 atividades para divertir seus filhos”

Use o 13º salário para organizar a sua vida

Use o 13º salário para organizar a sua vida

13 salario como organizar as finanças

Planeje e aproveite o 13º salário para quitar as dívidas e entrar mais leve em 2017

O 13º salário acabou de cair na sua conta corrente e a tentação de comprar presentes para as crianças e familiares mais próximos está falando mais alto? Enquanto isso, na sua outra orelha, um anjinho está lhe soprando que ainda há dívidas a serem pagas e que Janeiro é mês de quitar uma série de obrigações? Vamos ajuda-lo a tomar a melhor decisão para esses dilemas.

Primeiro, as dívidas!

Juros é o dinheiro mais mal gasto que há; afinal, você está literalmente dando o seu dinheiro para quem está apenas sentado, aguardando a sua dívida crescer. Primeiro, cubra o limite do cheque especial. Analise as taxas de juros praticadas pelos seus credores e renegocie com lojas ou outros possíveis credores – pagando à vista, é possível obter descontos.

Se você está comprometido com carnês longos, seja de financiamento imobiliário, do carro, consórcio ou qualquer outro, aproveite para adiantar parcelas e assim encurtar o prazo da dívida.

Seja a formiguinha

Na fábula da cigarra e da formiga, a formiga trabalha durante todo o verão, enquanto a cigarra dança e canta. No inverno, a cigarra passa fome e vai pedir ajuda à formiga, que construiu uma reserva grande para atravessar toda a estação. O mesmo acontece conosco, se não pensarmos em poupar para emergências, ao menor imprevisto, ficaremos em maus lençóis.

Especialistas em finanças pessoais recomendam que seja criada uma reserva de emergência com valor equivalente a seis meses da sua renda. O seu 13º pode ser o início da sua reserva – você pode aplicar esse montante em opções seguras, como a tradicional poupança, CDBs (certificado de depósito bancário) ou títulos do Tesouro.

Outra boa alternativa para a construção da sua reserva, é investir em cursos para dar um salto na carreira em 2017. Os principais cursos de línguas e MBAs (Master in Business Administration, uma pós-graduação na área de administração de empresas) já estão com matrículas abertas e, se negociadas ainda em dezembro, você pode conquistar descontos.

Compre à vista!

Com as etapas anteriores devidamente cumpridas, agora sim, vá às compras! Não se envergonhe de presentear com lembrancinhas, o mais importante é que elas sejam escolhidas de modo a todos se sentirem especiais. Coloque um sapato confortável, pesquise, pechinche e, principalmente, pague à vista. Assim, você evita contrair novas dívidas.

O 13º salário também pode ser a melhor oportunidade para negociar as próximas férias com a família, comprar um novo notebook, ou mesmo aquela tevê de alta definição que há tempos está na sua lista de desejos.

Curso Como quitar suas dívidas – Como resolver os problemas de endividamento e inadimplência

Abaixo uma pequena amostra do conteúdo do curso, explicando como resolver os problemas de endividamento e inadimplência e como não ficar novamente nesta situação.

1. Antes de sair negociando é preciso ter pleno domínio do seu dinheiro, fazer um diagnóstico financeiro, registrando o que se ganha, o que se gasta, conhecer seu verdadeiro eu financeiro.

2. Faça um apontamento de despesas diárias por tipo de despesas pelos próximos 30 dias é o caminho para que fique tudo mais claro, somente assim poderá cortar gastos e reduzir excessos.

3. Muitas vezes é importante dizer “devo, não nego, pago, como e quando puder” nunca se deve procurar um credor (pessoa para quem você deve) antes de ter domínio completo de seu dinheiro.

4. É preciso ter muita calma quando se está inadimplente, estar endividado nem sempre é um problema, o problema é quando não se consegue pagar este compromisso.

5. A portabilidade é uma das ferramentas para reduzir o endividamento, procure por linhas de créditos mais baixa, mas é importante frisar que isso não resolve a causa do problema.

6. No planejamento para pagar as dívidas priorize as que têm os juros mais altos, geralmente as de cartão de crédito e cheque especial.

7. Na hora de negociar, se for parcelar as dívidas, tenha certeza que as mesmas cabem em seu orçamento.

8. Saiba que para pagas às dívidas atrasadas terá que repensar seu padrão de vida, pois, se já se endividou com o que ganha, isso reduzirá nos próximos meses com as parcelas.

9. Não existe uma porcentagem exata de quanto terá que direcionar para pagar as dívidas, isso dependerá do diagnóstico financeiro feito previamente.

10. Além de pagar as dívidas, procure guardar dinheiro para comprar a vista e com algum desconto, o sonho da independência financeira passa por respeito ao dinheiro, entender que dinheiro é meio e não fim.

Acesse www.dsop.com.br e saiba mais